quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Wikipedia 2014

Em Agosto de 2008 já tínhamos colocado um post sobre o Wikipédia.

Apesar de alguma confusão por parte de alguns utilizadores (muitas vezes brasileiros) que não acham pertinentes a criação de alguns novos artigos verificou-se que nos últimos meses foram colocadas várias entradas novas e melhoramentos noutras páginas permitindo assim enriquecer os conteúdos sobre a nossa terra.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Albergaria-a-Velha

A página do município de Albergaria-a-Velha fica em http://pt.wikipedia.org/wiki/Albergaria-a-Velha. A partir de qualquer uma das palavras em destaque se pode ir para outros textos.





Páginas na categoria "Albergaria-a-Velha"

Esta categoria contém as seguintes 38 páginas (de um total de 38).

    Albergaria-a-Velha

*
    Lista de escritores do concelho de Albergaria-a-Velha

A

    Alba (automóvel)
    Antigo Palace-Garage Hotel
    Apeadeiro de Branca   /  Apeadeiro de Urgueiras / Estações
    Arciprestado de Albergaria-a-Velha
    Associação de Instrução e Recreio Angejense
    Associação Recreativa e Musical Amigos da Branca
    Augusto Martins Pereira

B

    Banda Recreativa União Pinheirense

C

    Casa e Capela de Santo António
    Castelo e Palacete da Boa Vista /
    Cine-Teatro Alba
    Clube de Albergaria /
    Clube Desportivo de Campinho /

E

    Estação Ferroviária de Albergaria-a-Velha /

F

    Fontão (Angeja)
    Freguesias de Albergaria-a-Velha ordenadas por área
    Freguesias de Albergaria-a-Velha ordenadas por população

G

    Grupo Folclórico As Lavadeiras do Vouga
    Grupo Folclórico Cultural e Recreativo de Albergaria-a-Velha
    Grupo Folclórico de Danças e Cantares do Fial
    Grupo Folclórico de Ribeira de Fráguas
    Grupo Folclórico e Etnográfico de Albergaria-a-Velha

L

    Lápide do Real Hospital de Albergaria
    Lista de jornais e revistas de Albergaria-a-Velha
    Lista de livros sobre Albergaria-a-Velha

M

    Martinho de Soure

K

    Teresa Heinz Kerry

P

    Paus (Alquerubim)
    Projecto Vocal

R

    Rancho Folclórico Casa do Povo de Angeja
    Rancho Folclórico Malmequeres de Campinho

S

    Santuário de Nossa Senhora do Socorro
    São João de Loure e Frossos
    Sport Clube Alba /

T

    Telhadela

V

    Vilarinho de São Roque

Outras categorias:

    + Naturais de Albergaria-a-Velha + (15 P)

    Alexandre Correia Teles de Araújo e Albuquerque
    António Fortunato de Pinho
    António Homem de Albuquerque Pinho
    Delfim Bismarck Ferreira
    Fátima Santos
    João António Ferreira Resende Alves
    Luís de Barros (Portugal)
    Manoel Dias Branco
    Manuel Capela
    Manuel Guimarães
    Marina Bastos
    Patrício Theodoro Álvares Ferreira
    Sandra Pereira (cantora)
    Silvino Vidal
    Vasco de Lemos Mourisca

    + Administradores do concelho de Albergaria-a-Velha + (3 P)

    António Fortunato de Pinho
    Jacinto Inácio de Brito Rebelo
    Patrício Theodoro Álvares Ferreira

    + Antigas freguesias de Albergaria-a-Velha + (4 P)

    + Freguesias de Albergaria-a-Velha + (1 C, 6 P)

    + Património edificado em Albergaria-a-Velha + (8 P)

    Anexo:Lista de património edificado em Albergaria-a-Velha
    Antigo Palace-Garage Hotel
    Casa e Capela de Santo António
    Castelo e Palacete da Boa Vista
    Cine-Teatro Alba
    Mamoa de Açôres
    Pelourinho de Angeja
    Pelourinho de Frossos

    + Presidentes da Câmara Municipal de Albergaria-a-Velha + (3 P)

    António Fortunato de Pinho
    Augusto Martins Pereira
    Patrício Theodoro Álvares Ferreira

    + Toponímia do Concelho de Albergaria-a-Velha + (vazia)


terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Revista Albergue nº1

O primeiro número da revista Albergue – História e Património do Concelho de Albergaria-a-Velha foi apresentado, na Biblioteca Municipal, no dia 8 de novembro de 2014.



Esta publicação, de periodicidade anual, é editada pela Câmara Municipal e reúne os mais recentes estudos de reputados autores, historiadores, arqueólogos e investigadores sobre o Concelho. A revista pretende demonstrar que Albergaria-a-Velha tem um passado que vale a pena conhecer.

Esta nova revista pretende desempenhar diversas funções, das quais se pode destacar:

- veículo de inventariação, preservação, valorização e divulgação do Património do Concelho de Albergaria-a-Velha;
- órgão de discussão da memória coletiva; local onde aqueles que se dedicam ao estudo da História e do Património deste concelho possam editar os resultados dos seus estudos, fomentando e incentivando, assim, o aparecimento de mais e melhores trabalhos de investigação sobre estas temáticas; meio de angariação de uma base de dados iconográficos, impedindo assim o desaparecimento de um sem número de documentos gráficos e fotográficos;

- e publicação de permuta com outras autarquias, de forma a enriquecer os seus fundos bibliográficos de forma pouco dispendiosa.



Pretende contribuir “para que os Albergarienses, bem assim como todos aqueles que aqui vivem, trabalham ou daqui descendem, tenham um melhor conhecimento do seu passado coletivo, da sua História e do seu Património, para que fiquem mais atentos, sensíveis, defensores e fruidores daquele que foi o legado das gerações que nos antecederam.”



[as expetativas são elevadas] “basta ver a qualidade dos textos, a premência dos mesmos, a aceitação do público que encheu a Biblioteca, etc. Penso que as pessoas estão ávidas de saber coisas sobre a sua terra que, na maioria dos casos, desconhecem”. (Delfim Bismarck)



O autarca quer que a comunidade tenha um papel ativo nesta nova revista, quer através da cedência de objetos/ documentação (que podem conter informações importantes sobre o passado), quer através da entrega de artigos originais para publicação.



NOME DA REVISTA



“para além de simbolizar a sua relação com o nome da cidade sede do concelho, homenageando-a, representa também o facto de albergar, abrigar e conter informações importantes para o conhecimento do território e das gentes que viveram ao longo dos séculos que importa preservar.”



TEMAS TRATADOS



A Arte Retabular na Igreja Paroquial de Santa Cruz; a Linha Férrea do Vale do Vouga e a Chegada do Comboio a Albergaria-a-Velha; Talábriga; um perfil de Bernardino Máximo de Albuquerque; entre outros – havendo, ainda, um artigo do conceituado historiador, José Mattoso, com o título Albergaria-a-Velha: uma velha identidade.



Conta com artigos dos seguintes autores: António Loureiro; António Cruz; Leandro; António Manuel S. P. Silva; Carlos Caetano; Carlos Fidalgo; Delfim Bismarck Ferreira; Domingos Tavares; Hugo Cálão; Jorge Luís P. Fernandes; José Mattoso; Maria Clara P. Vide Marques; Pedro Martins Pereira; Rafael Marques Vigário; Teresa Cruz Tubby; e Valter Santos.



CMA, 03/11/2014 CMA, 12/11/2014 Edital n.º 193/2014


* Introdução - António Loureiro

* Editorial - Delfim Bismarck Ferreira

* A Arte Retabular na Igreja Paroquial de Santa Cruz - António Cruz Leandro e Maria Clara de Paiva Vide Marques

* Dos Vestígios do Passado ao Património Arqueológico - António Manuel S. P. Silva

* As casas da Câmara dos Velhos Concelhos hoje integrados em Albergaria-a-Velha - Carlos Caetano

* Castrum Lora - Uma Análise ao Texto do Cruzado - Carlos Fidalgo

* A Linha Férrea do Vale do Vouga e a Chegada do Comboio a Albergaria-a-Velha - Delfim Bismarck Ferreira

* Um Artista Invulgar - Domingos Tavares

* Património Religioso - Os Invaentários da Paróquia de Santa Cruz de Albergaria - Hugo Cálão

* O Correio no Concelho de Albergaria-a-Velha - Jorge Luís P. Fernandes

* Albergaria-a-Velha: uma velha identidade - José Mattoso

* Talábriga - Um Povo, Uma História, Um Vizinho - Pedro Martins Pereira

* Perfil de um politico oitocentista: Bernardino Máximo de Albuquerque - Rafael Marques Vigário

* A emigraçáo do concelho de Albergaria-a-Velha (1836-1850) - Teresa Cruz Tubby e Valter Santos

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Livraria Municipal

http://albergaria.bibliopolis.info


http://albergaria.bibliopolis.info/Portals/4/PDF/Livraria%20Municipal.pdf

Em promoção durante o período de natal.

http://www.cm-albergaria.pt//Templates/GenericDetails.aspx?id_object=21119&divName=1983s114s3541s5038&id_class=5038

Edital n.º 193/2014

Regulamento Municipal e Tabela de Taxas, Preços e Licenças - Aditamento da Revista de Publicação anual - "ALBERGUE" - História e Património do Concelho de Albergaria-a-Velha, N.º 1 (Novembro de 2014) - 10 € (iva incluido)

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

O Natal

Natal

Nascimento de Jesus
Alegria sem fim
Todos em família
Ajudar quem precisa
Lágrimas não há
Filipa Melo e Fabiana Rodrigues
1.JPG

O Natal

O Natal é bom.
Há muita frescura.
A frescura é agradável,
Agradável como a água.
É belo o Natal,
Porque temos a Família.
Divertimo-nos muito.
É bom para nós.
Por isso, Bom Natal!!!
Jéssica Martins 
2.JPG

NATAL

Eu gosto do Natal,
Ele é lindo,
Vou fazer um boneco de neve
Com o meu amigo Armindo.
 No Natal,
Vem o Pai Natal
Ele vai trazer presentes,
Para quem não se portar mal.

O Natal é bom,
Bom e importante.
Por isso, não o podemos
Pôr de parte, numa estante.

Eu gosto do Natal,
Ele é divertido.
Mas quando acaba,
O meu coração fica atingido.

Marcos Neves

Turma do 4.º Ano, do CE de Angeja
Profª. Titular de Turma: Emília Marques

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Edital 192/2014

Alteração de topónimo

Beco José Falcão por Beco do Cortinhal - Albergaria-a-Velha

19/11/2014


sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Correio de Albergaria




Sou sócia-fundadora do Correio de Albergaria, o único órgão de informação exclusivamente concelhio e que se encontra incorporado numa sociedade com o nome Tertúlia de Letras. Lda constituída em 2012.

Desde o primeiro dia fiz questão vincar que seria um espaço para todos, repito todos, exprimirem a sua opinião. desde que a fizessem chegar e que seria um espaço de motivação e participação para todos os albergarienses.

E é o que tenho tentado fazer ao longo dos quase dois anos e meio que estou à frente deste jornal, primeiro como sub-diretora, depois e presentemente como diretora e única sócia e gerente da sociedade.

Uma palavra sobre o trabalho sério que temos vindo a fazer ao longo destes quase dois anos e meio. Temos tentado chegar a todas as freguesias, procurando noticias do movimento associativo e também das juntas de freguesia. É um trabalho muitas vezes difícil e temos melhorado. Deleitamo-nos com a informação e com a participação. Orgulha-nos as iniciativas das nossas associações e do nome de Albergaria ser levado cada vez mais longe. Somos pessoas melhores quando nos envolvemos na nossa comunidade o este é o único propósito do jornal de todos os albergarienses.

Vem isto a propósito do que se passou na última Assembleia Municipal, em que um deputado do PSD questionou o presidente da autarquia sobre se teria quotas desta sociedade. A resposta foi clara: "Não". E a resposta correspende à verdade dos factos.

O que me deixou aborrecida foi o facto de, pela segunda vez este ano, pessoas desconhecedoras dos trâmites da sociedade terem utilizado as redes sociais para fazer uma campanha completamente anedótica sobre a isenção e imparcialidade deste órgão de comunicação. Compreendo que muitos estranhem que possa existir imparcialidade num jornal e que a existência deste não dependa da genuflexão ao poder, mas assim o é.

Não tolero, nem poderei tolerar até pela atividade profissional que exerço, inverdades sobre o meu bom nome. a minha integridade e a minha postura enquanto diretora deste jornal.

Nunca em momento algum o Correio de Albergaria se recusou a publicar uma única linha de qualquer partido, associação ou outro. E isto é um facto não é uma suposição. Também é facto, os últimos dados da Marktest que demonstram claramente a subida desta imprensa regional (Correio de Albergaria).

Com nota final deixo a ponderação que um político nacional disse este fim-de-semana: "A política do vale tudo só e praticada por quem não vale nada politicamente".

Sara Viga da Quinta
Editorial do mais recente "Correio de Albergaria-a-Velha"

--

Reproduzimos aqui o editorial do mais recente "correio de Albergaria" a propósito de uma nova polémica entre o PSD local e o "Correio de Albergaria". Noutra notícia dessa edição é divulgada a intenção do Presidente e do Vice Presidente de instaurarem um processo contra o PSD local.

Noutras ocasiões indicamos que o jornal deveria ser usado pelo PSD local para difundir as suas acções e não se limitarem a criticar. A actual directora  do jornal é do PS e os outros dois sócios eram do CDS. O actual Vice-presidente deixou de ser Director e mais recentemente nem tem colaborado.

Os dois deixaram de ser sócios em Outubro de 2013 num momento anterior à tomada de posse e não é informado pelas comunicações do PSD local. Mesmo assim não é o a mais importante. Como jornal local deve ser usado o melhor possível por quem pretende colaborar com o jornal independemente da cor politica.




imagens retiradas do facebook da JSD Albergaria-a-Velha com a actual ficha técnica do jornal do Correio de Albergaria e as publicações da empresa Tertúlia das Letras, Lda que inclui apenas os actos respeitantes à constituição da empresa.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Arquivo Municipal

Arquivo Municipal pode ter de procurar uma nova casa 


O equipamento “está hoje quase no limite das suas capacidades”, avisa o vice-presidente da autarquia

O Arquivo Municipal de Albergaria-a-Velha comemorou recentemente o seu sexto aniversário, tendo aproveitado a ocasião para celebrar mais nove protocolos de doação, cedência ou depósito com munícipes e entidades locais.

"Apesar de jovem", o equipamento está hoje quase no limite das suas capacidades", refere Delfim Bismarck, vice-presidente da Câmara, assumindo que é "urgente começar a pensar num novo arquivo, com dimensões suficientes para uma verdadeira Casa da Memória".

Segundo o vereador, as "inúmeras doações e depósitos" têm vindo a "enriquecer" o Arquivo mas colocam problemas de espaço que o município quer acautelar. "Se a cultura é um bem essencial, a preservação da memória é igualmente muito importante", diz.

"Não obstante a pouca visibilidade pública que os arquivos têm, o trabalho realizado é de extrema importância para a preservação da memória colectiva", acrescenta.

(...)

Rui Cunha, Diário de Aveiro, 03/12/2014