domingo, 29 de maio de 2016

Bilhetes Postais

AMA


Colecção de postais editados com imagens fotográficas do Concelho de Albergaria-a-Velha e de albergarienses. Embora sejam recuperáveis nesta colecção, os bilhetes-postais não publicados encontram-se nos Arquivos Pessoais.



terça-feira, 24 de maio de 2016

Albergaria, uma viagem fantástica

Os alunos do Agrupamento de Escola da Branca vão subir ao palco do Cineteatro Alba  na próxima quarta-feira, 25 de maio, no âmbito da iniciativa “Estórias da Nossa História”, um projeto do Programa Municipal de Educação, que levou os jovens a interpretarem, de forma criativa e lúdica, a História do Concelho. O espetáculo tem entrada livre e está marcado para as 21h00.

Espera-se uma noite de festa e celebração, já que vários alunos, em parceria com o Conservatório de Música da Jobra e o Muda'TE – Companhia de Artes Performativas da Jobra vão apresentar várias encenações com música de época. Aguarda-se uma perfomance de música e dança barroca e uma apresentação musical pela Orquestra da Jobra.

O Agrupamento escolar realizou um casting em março, para selecionar os alunos que vão participar na apresentação final de “Estórias da Nossa História”.

Este projeto resulta de um desafio do Município de Albergaria-a-Velha aos alunos dos agrupamentos concelhios para estudarem e trabalharem a monografia “Albergaria-a-Velha, Oito Séculos do Passado ao Futuro”, de António Albuquerque Pinho. A obra, dedicada à evolução política e administrativa do território Albergariense, é a mais importante e completa narração historiográfica de Albergaria-a-Velha.

No Agrupamento de Escolas da Branca, 15 turmas do 2.º e 3.º Ciclo aceitaram o desafio e após o seu estudo começaram a escrever uma nova história a várias mãos, num exercício de escrita criativa. Cada turma ficou responsável por uma secção, completando o texto que a turma anterior tinha redigido. O resultado é agora publicado em livro, com o título “Albergaria, uma viagem fantástica”, uma obra coletiva assinada pelos alunos das turmas do 5.º até ao 9.º ano e Vocacional. Tem 88 páginas, conta com prefácio de Elisa Sá Costa, ilustrações de Rui Henriques e tem o preço simbólico de 2,5 euros.

A autora de literatura infantojuvenil escreve no prefácio que “Albergaria, uma viagem fantástica” é “escrito por crianças e jovens para si próprios e para os seus pares, assumindo por isso um particular interesse. Resultante do concurso “Estórias da Nossa História”, este livro reúne o esforço de muitos alunos e professores que souberam organizar-se para, com a participação de todos, fazer uma viagem no tempo e deslocar-se até às mais remotas memórias que encontraram sobre as terras que hoje constituem o Concelho de Albergaria-a-Velha”.

A fantástica narração dos alunos começa quando uma máquina do tempo os transporta para uma viagem mágica ao passado, permitindo-lhes conviver com as figuras da história de Albergaria-a-Velha, assumindo igualmente o papel de protagonistas.                  


CMA

* Obra coletiva "Albergaria, uma viagem fantástica", livro escrito pelas turmas do 5.º ao 9.º ano e Vocacional, envolvendo mais de 350 alunos.

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Toponimia

Ata nº 08 de 01/04/2015


Toponímia da Freguesia de Albergaria-a-Velha e Valmaior


Alterar o topónimo Travessa da Cruzinha para Rua Manuel Luiz Ferreira, o topónimo Rotunda das Oliveiras para Rotunda da Pontarranha e atribuir o topónimo Rua José Correia de Melo, que inicia na Rua do Vale e termina na Rotunda de Padre Matos.

domingo, 8 de maio de 2016

Folhas soltas do meu diário

MOURISCA, Vasco de Lemos


Folhas soltas do meu diário / Vasco de Lemos Mourisca.- [S.l.] : [s.n.], D.L. 1956 ( Albergaria-a-Velha, Tipografia Vouga).- 383, [5] p. ; 20 cm


Sinfonia de Brasil. Variante. Sempre. Calafrio. Até sempre. Antípoda. Aniversário. Zero. Despedida. Sintra. Sensação oblíqua. Em um cartão. Abismo. The rest... is silence. Anseio. Cantigas velhas. Tradição. Retalhos. Dádiva. Cântico da Primavera. Via latina. Quando a guerra vier. Elipse. Cinzas. O meu amor não responde. Tarde na lage. Interrogações. Carta de amor. Pergunta às flores. Marianinha. Irmã sem nome. Tempestade. As tuas mãos. Apontamento. Momento. Definição da hora h. Fado. Maria Lalande. Natal. Rumo. Observação a Santo António. Balada. Non plus ultra. Medalha. Volúpia. Pedido. Natal. Meditação. Fim de Noivado. Janela fechada. Angústia. Aqueles olhos. Turbilhão. Criptestésia. Como na velha canção alemã. Prece. Balada do meu destino.






VLM



Leilão 286 PCV - 30 de Maio a 1 de Junho 2012

Conjunto de seis (6) títulos, em 6 vols. dos quais destacamos: Armando Marques Guedes, ALIANÇA INGLESA. Notas de História Diplomática. Enc.; Henrique de Vilhena, NOVOS ESCRITOS. Enc.. Em brochura : Conde do Funchal, (Parcelas do meu Caminho); Vasco de Lemos Mourisca (Folhas Soltas do Meu Diário); Natália Correia (Não percas a Rosa); Aquilino Ribeiro ( O Malhadinhas). À excepção do Malhadinhas, tudo em primeiras edições, alguns invulgares e cheios de peripécias e histórias curiosas, como os do conde do Funchal, e o de Vasco de Lemos Mourisca.



quinta-feira, 5 de maio de 2016

ALBERGARIA Início Séc. XX

Devido às previsões climatéricas para o próximo domingo, a organização vê-se obrigada a adiar o evento para data a definir.



ALBERGARIA Início Séc. XX - etnografia e tradição será um evento em que se pretenderá dar vida à realidade albergariense dos primeiros anos do Século XX.



https://www.facebook.com/albergariainiciosecxx/


imagem: Mercado Dominical, década de 1920, na Praça Nova que se estendia até à Avenida da Liberdade


Albergaria Início Sec. XX -Etnografia e Tradição
08 de Maio de 2016 ás 15:00 
 
Local do Evento: Centro de cidade de Albergaria-a-Velha
Concelho: Albergaria-a-Velha
Freguesia: Albergaria-a-Velha
Organização: Grupo Folc. Cultural Recreativo e Grupo Folc. Etnográfico de Albergaria-a-Velha


Nota: Pretende-se recriar um dia do início do Séc. XX vivido em Albergaria-a-Velha


Grupos Participantes:
 . Grupo Folclórico Cultural e Recreativo de Albergaria-a-Velha
 . Grupo Folclórico Etnográfico de Albergaria-a-Velha
 . Rancho Folclórico Ribeira de Fràguas
 . Rancho Folclórico da Casa do Povo de Angeja
 . Rancho Folclórico de Danças e Cantares do Fial
 . Rancho Folclórico " As Lavadeiras do Vouga "
 . Grupo Etnográfico Ecos da Memória


http://www.ffp.pt/actividade.php?id=3202