segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Medalhas



[personalidades, instituições e coletividades Albergarienses vão ser homenageadas pela Câmara Municipal de Albergaria-a-Velha, em cerimónia pública solene nos Paços do Município,] no Dia do Município, 13 de fevereiro, data em que se assinalam os 181 anos da fundação do Concelho.



Segundo proposta do Executivo Albergariense serão atribuídas Medalhas de Mérito Municipal, “pelo contributo para o desenvolvimento e promoção do Município de Albergaria-a-Velha, nas mais diversas áreas e aos mais diversos níveis, melhorando as condições de vida da nossa comunidade, bem como contribuindo para o aumento do prestígio do Município de Albergaria-a-Velha a nível regional, nacional e internacional”.



Entre as individualidades a condecorar encontram-se José António da Piedade Laranjeira (Medalha de Mérito Municipal Grau Ouro), engenheiro mecânico, que chegou a diretor de departamento na Fundição das Fábricas Metalúrgicas Alba, com uma carreira ligada aos Bombeiros Voluntários, primeiro em São Pedro de Penaferrim, Sintra, onde nasceu, e depois em Albergaria-a-Velha, onde casou e vive. Foi diretor do Serviço Nacional de Bombeiros, entre 1983 e 1992. Preside atualmente à Assembleia Geral da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Albergaria-a-Velha e ao Conselho Superior Consultivo da Liga dos Bombeiros Portugueses. Recebeu diversas condecorações e distinções de organizações nacionais e estrangeiras, sendo Comendador da Ordem do Mérito, comenda atribuída pela Presidência da República, em 1990.

Pedro Martins Pereira vai receber a Medalha de Mérito Municipal Grau Prata. Engenheiro metalúrgico, trabalhou muitos anos na fábrica da família, a Fundição das Fábricas Metalúrgicas Alba. Em 1988 fundou a Larus – Artigos para Construção e Equipamentos, que se dedica ao projeto, fabrico e comercialização de mobiliário urbano, vencendo diversos prémios de design, nacionais e internacionais. Em 2008 fundou a empresa ProjectoAlba que visa recuperar a marca Alba e os seus produtos de catálogo.

João António Ferreira Resende Alves, natural de Albergaria-a-Velha, será agraciado com a Medalha de Mérito Municipal Grau Prata. Jogador de futebol conhecido por “Luvas Pretas”, que envergava em cada jogo, jogou no Boavista e no Benfica tendo sido chamado à Seleção Nacional de Futebol por 36 vezes. Foi Campeão Nacional pelo Benfica por duas vezes e venceu quatro Taças de Portugal, pelo Boavista e pelo Benfica.

Edgar Miguel Lemos Pinto, nascido em Albergaria-a-Velha, em 1985, vai receber a Medalha de Mérito Municipal Grau Cobre. Ciclista profissional, começou por se dedicar ao  BTT, mas lançou-se definitivamente no ciclismo de estrada em 2001, profissionalizando-se em 2008. Representou as equipa de S. João de Ver, Sport Lisboa e Benfica, Liberty Seguros, La – Paredes Rota dos Móveis, La – Antarte, correndo atualmente pela SkyDive Dubai.



A Irmandade da Misericórdia de Albergaria-a-Velha será distinguida com a Medalha de Mérito Municipal Grau Ouro. Fundada em 1923, a Misericórdia passou a gerir  o Hospital local, na década de 1930. Mais tarde foi responsável pela Cozinha e Sopa dos Pobres e procedeu à construção de um bairro social. Na década de 1980 criou um Lar de Terceira Idade, nas traseiras do Hospital, que foi entretanto desativado. O Lar foi ampliado em 2011, ocupando todo o edifício hospitalar, empregando atualmente cerca de cem pessoas. Cobre as valências de Lar de Terceira Idade, Centro de Dia e Apoio Domiciliário e Fisioterapia, prestando apoio a cerca de 150 pessoas.



Entre as distinções honoríficas concedidas pela Câmara Municipal às Coletividades, o Sport Clube Alba vai ser agraciado com a Medalha de Mérito Municipal Grau Prata. O clube de futebol de Albergaria foi fundado no dia 1 de janeiro de 1940 sob a égide da Fundição das Fábricas Metalúrgicas Alba. Durante várias décadas desenvolveu diversas modalidades além do futebol, como basquetebol, hóquei em patins, ténis de mesa, voleibol, columbofilia, pesca desportiva, entre outras. Em maio de 1995 a Câmara Municipal já tinha distinguido o Sport Clube Alba, com a Medalha de Mérito Municipal Grau Cobre.



A ARMAB – Associação Recreativa e Musical Amigos da Branca vai ser distinguida com a Medalha de Mérito Municipal Grau Prata. A Associação completou em março do ano passado 75 anos de existência, um percurso de contínua evolução artística, sendo hoje uma das mais importantes associações musicais do Concelho. A ARMAB compreende uma escola de formação e uma banda sinfónica com um corpo permanente de 85 instrumentistas, que lhe permite abarcar um repertório que vai desde o classicismo ao século XXI. Atua regularmente por todo o país, fazendo incursões regulares no estrangeiro, devendo apresentar-se em Belém, no Brasil, este ano, no Festival Música nas Américas.



Finalmente, o Centro Cultural, Recreativo e Desportivo do Fial – Grupo de Danças e Cantares do Fial vai ser agraciado com a Medalha de Mérito Municipal Grau Cobre. Nascido na sequência da organização de marchas populares, em 1986, o Centro Cultural afirmou-se na mesma altura com a Grande Marcha do Fial, acabando por formar o grupo folclórico. Em 1991, o Grupo iniciou uma recolha de tradições, usos e costumes, que lhe permitiu a filiação na Federação do Folclore Português.



As propostas de distinção foram apresentadas em reunião de Câmara na quarta-feira e aprovadas por unanimidade.



CMA, 21/01/2016



MEDALHAS



Medalha de Mérito Municipal Grau Ouro

- José António da Piedade Laranjeira
- Irmandade da Misericórdia de Albergaria-a-Velha



Medalha de Mérito Municipal Grau Prata

- Pedro Martins Pereira
- João António Ferreira Resende Alves
- Sport Clube Alba *
 - ARMAB – Associação Recreativa e Musical Amigos da Branca



Medalha de Mérito Municipal Grau Cobre

- Edgar Miguel Lemos Pinto
- Centro Cultural, Recreativo e Desportivo do Fial – Grupo de Danças e Cantares do Fial *



* Em maio de 1995 a Câmara Municipal já tinha distinguido o Sport Clube Alba, com a Medalha de Mérito Municipal Grau Cobre.



* Realizou-se em 2009 uma Sessão Solene da Assembleia Municipal, no Salão Nobre dos Paços do Município tendo sido distinguidas as Associações e Colectividades com, pelo menos, 25 anos de actividade ao serviço da comunidade.




2016


PROPOSTA PARA ATRIBUIÇÃO DE DISTINÇÕES HONORÍFICAS


O Sr. Presidente da Câmara apresentou proposta escrita para atribuição de medalhas de Mérito Municipal a Individualidades, Instituições e Coletividades do município, a qual se transcreve: “Nos termos do disposto no Regulamento das Distinções Honoríficas do Município de Albergaria-a-Velha, proponho que Individualidades, Instituições e Coletividades a seguir identificadas sejam distinguidas com a Medalha de Mérito Municipal, pelo contributo para o desenvolvimento e promoção do Município de Albergaria-a-Velha, nas mais diversas áreas e aos mais diversos níveis, melhorando as condições de vida da nossa comunidade, bem como contribuindo para o aumento do prestígio do Município de Albergaria-a-Velha a nível regional, nacional e internacional - vidé documentos anexos. Proponho, ainda, que a atribuição destas distinções honoríficas se realize em Cerimónia Pública Solene, por ocasião das comemorações dos 181 anos do Concelho de Albergaria-a-Velha, a realizar no dia 13 de fevereiro de 2016.

INDIVIDUALIDADES:


Comendador Eng.º José António da Piedade Laranjeira – Medalha de Mérito Municipal – Grau Ouro;
Comendador José dos Santos da Silva Azevedo – Medalha de Mérito Municipal – Grau Ouro;
Manuel Francisco Arede – Medalha de Mérito Municipal – Grau Ouro;

Juiz Conselheiro Dr. Manuel Augusto Fernandes da Silva – Medalha de Mérito Municipal –
Grau Ouro;

Eng.º Pedro Manuel de Oliveira Martins Pereira – Medalha de Mérito Municipal –
Grau Prata;
João António Ferreira Resende Alves – Medalha de Mérito Municipal – Grau Prata;
Edgar Miguel Lemos Pinto – Medalha de Mérito Municipal – Grau Cobre;
João José Oliveira Laranjeira – Medalha de Mérito Municipal – Grau Cobre;


INSTITUIÇÕES:


Santa Casa da Misericórdia de Albergaria-a-Velha - – Medalha de Mérito Municipal – Grau Ouro;


COLETIVIDADES:


Sport Clube Alba – Medalha de Mérito Municipal – Grau Prata;
Associação Recreativa e Musical Amigos da Branca (ARMAB) – Medalha de Mérito Municipal – Grau Prata;
Centro Cultural, Recreativo e Desportivo do Fial - Grupo de Danças e Cantares do Fial –
Medalha de Mérito Municipal – Grau Cobre.”


-

O Sr. Vereador Dr. Licínio Pimenta solicitou informação sobre os critérios que basearam a proposta ora apresentada, referindo que as distinções honoríficas têm sido atribuídas a personalidades que, além do contributo dado à comunidade e, independente do mérito profissional, são reconhecidas publicamente pelos mesmos contributos a nível local, situação que entende não estar refletida em todas as individualidades propostas, nem nos fundamentos apresentados, considerando que algumas culminaram somente em resultados individuais e não em benefício coletivo para o município.


O Sr. Vereador Dr. Delfim Bismarck, após lhe ser concedida a palavra pelo Sr. Presidente, passou a explicar os critérios que basearam a proposta, designadamente quanto aos graus que distinguem as coletividades e outras instituições, resumindo os factos que foram considerados justificativos do mérito da distinção e informando que a proposta mereceu a concordância dos líderes dos partidos representados na Assembleia Municipal, bem como do Sr. Presidente daquele órgão, os quais foram ouvidos oportunamente. Mais esclareceu que as individualidades que tiveram o seu percurso profissional fora deste município, foram já condecorados ao mais alto nível por Presidentes da República Portuguesa, bem como, num caso concreto, foi atingido o cargo mais elevado da magistratura nacional, entendendo, por isso, existir motivo mais do que suficiente para que a autarquia da sua terra natal reconheça os serviços prestados ao país, considerando ser motivo de orgulho para o município. -


Ata CM

Sem comentários: