quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Novas Cartas Portuguesas



Novas cartas portuguesas

Livro de Maria Isabel Barreno, Maria Teresa Horta e Maria Velho da Costa
Publicado por Editorial Nórdica, 1974

Saber mais sobre a Obra

No livro (relacionado com as "Cartas de Uma Freira Portuguesa" de Mariana Alcoforado) é publicada uma carta de Maria Ana para o marido, emigrado no Canadá, e a resposta do marido. A aldeia do Carvalhal é situada geograficamente no distrito de Aveiro e no Concelho de Albergaria-a-Velha mas é indicada a freguesia de Oliveira de Fráguas quando na realidade deveria estar Ribeira de Fráguas.

"Carta de um homem de nome António, emigrado no Canadá há doze anos na cidade de Kitimat, na Costa Ocidental, frente às ilhas da Rainha Carlota e perto da fronteira do Alaska, a sua mulher de nome Ana Maria, da aldeia do Carvalhal, pertencente à freguesia de Oliveira de Fráguas, do concelho de Albergaria-a-Velha, distrito de Aveiro."
----------------------
Link

(...) encontramos também discursos que nada têm a ver com a paixão da freira de Beja, inscrevendo-se antes num espaço social bem definido, como a emigração ou a revolta juvenil e introduzidos, respectivamente, pela carta de uma mulher da aldeia do Carvalhal, dirigida a seu marido, emigrante no Canadá, e pela carta de uma universitária de Lisboa endereçada ao seu noivo, desertor, propondo assim a afirmação de vivências múltiplas e singulares.

(...) propondo ironicamente uma definição das “tarefas” femininas, apresentadas sob a forma de um exercício escolar, como a “redacção de uma rapartiga de nome Maria Adélia nascida no Carvalhal e educada num asilo religioso em Beja”

1 comentário:

OF disse...

Terá fundamento histórico ou terá sido influenciado pelo facto de Maria Teresa Horta ser casada com um albergariense ?